Quando anunciar a gestação?

Para a maioria das mulheres, a ansiedade de descobrir que está grávida aumenta a vontade de gritar aos quatro ventos que um bebê está a caminho. Passado o susto do teste positivo, elas só querem dividir essa felicidade com o maior número de pessoas possível.

Como eu já falei no post anterior, contei para algumas pessoas da família logo que o teste deu positivo, porém só contei para todo mundo, quando eu estava com 13s1d, ecografia de rastreamento em mãos, normal, e sabendo o sexo, o que não é uma regra nesta idade gestacional.

Minha opção de esperar para espalhar a notícia foi muito pessoal, favorecida muito pela minha parte obstétrica que tinha medo que algo saísse errado. O risco de perdas espontâneas, mais comuns no primeiro trimestre, em especial na minha idade e sendo a primeira gestação, me assustava um pouco e eu preferi esperar. Contar que está grávida é muito bom, mas explicar que alguma coisa saiu errada é muito difícil. Em tempos de redes sociais, as notícias se espalham muito rápido, tanto as ruins quanto as boas. Já vi pacientes passando por situações muito ruins tendo que explicar que não estavam mais grávidas nas redes sociais. Preferi não arriscar.

Independente de contar ou não para todo mundo, eu já havia começado o pré natal muito antes da notícia se espalhar. Optei por um obstetra que eu tinha certeza que respeitaria minhas escolhas e fiz todo os exames de primeiro trimestre. Minha professora de pilates e minha Nutricionista também souberam da novidade antes e mantive minha rotina de exercícios físicos e meu acompanhamento nutricional, agora direcionados a esta nova fase, como gestante. O pré natal é uma rotina muito importante para as gestantes. Uma gestação saudável depende muito dele.

Não existe um momento certo para contar sobre a gravidez, cada casal deve fazer isso quando se achar confortável. De qualquer forma, cada um sabe da sua vida, dos seus planos e da sua vontade gigante de dividir essa notícia tão especial.

Bem vindas!

Meu nome é Maria Fernanda, sou obstetra, mãe da Alice e aprendiz da maternidade. Sejam todos bem vindos ao meu blog!

 

Em 2015 eu vivi uma experiência incrível com a minha gestação. Estando do outro lado da cortina, pude entender melhor algumas dúvidas comuns entre as pacientes. Com isso, surgiu a ideia de fazer um blog. Através dele vou tentar fornecer informações que possibilitem uma gestação mais tranquila. Abordarei semanalmente assuntos baseados nas dúvidas do meu dia a dia no consultório e na minha vivência como gestante, puérpera e mãe. Recentemente eu decidi fazer postagens também com relatos de parto, para dividir as experiências vividas pelas mamães, contadas por elas.

Não esqueçam de deixar um comentário sobre o que acharam do blog, dúvidas ou sugestões para os próximos posts. Se acharem que as informações são úteis, compartilhem e sigam nossas páginas no instagram (@blogacaminho) e facebook (fb.com/blogacaminho).

 

Obrigada pela visita!

Compartilhe:
  • Facebook Social Icon
  • Google+ Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Pinterest Social Icon
Mais lidos:
Tags:
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now