Relato der parto - Rachel Capoani

     Tudo começou na terça, acordei com cólica bem levinha (Dra disse que poderia ser pelo toque feito na segunda - os mesmos 2cm da semana anterior). A tarde saiu o tampão. De tarde eu fiz eco, mostrando que o líquido estava diminuído. Avisamos minha médica, que me ligou e pediu para pegar as minhas coisas e ir para o Divina, faríamos um MAP e ela iria me avaliar, talvez tivesse que ficar. Cheguei por volta das 19h, durante a tarde não senti cólica.

     A dra chegou para conversar comigo, disse que o MAP estava ótimo, mas tinha algum furo na bolsa e precisaríamos fazer algo. Tinha dois caminhos: cesárea ou indução de parto. Optei pela indução, ela me explicou que a um pouco mais dolorosa e ver se responderíamos ao processo. Poderia durar muitas horas ou ser bem rápido. Chorei, desanimei, na minha cabeça não existia a possibilidade de fazer a cesárea. Ela me acalmou e disse que me internaria aquela noite para me monitorar e no dia seguinte ela chegaria e iniciaria o trabalho da indução ou faria acesárea caso eu mudasse de ideia.

     Umas 22h estava internada e comecei a ler e estudar sobre indução, me acalmei, me empoderei e estava certa de que iria tentar. Ela me deixou uns óleos de aromoterapia que ela usou no parto dela (um para acelerar o trabalho de parto e outro calmante), passei duas vezes (no tornozelo, punho e lombar). Não sei se teve a ver ou foi muito meu pensamento mas 00:30h comecei a sentir as contrações, estavam bem ritmadas de 7 em 7 com duração de 50s. Passei até de manhã sentindo elas bem direitinho, contando com o app. Foi dolorido, tomei banho, usei a bola e as vezes conseguia até dormir entre uma contração e outra.

     Minha médica chegou as 8 e não acreditou que eu tinha entrado em trabalho de parto ativo e já estava com 5cm (oh glória!!). Me transferiu pra sala de parto, lá me colocou um pouco de ocitocina e as contrações foram pra 3/3 minutos (uma dor bem chataaaaa). Eu estava bem cansada da noite, fui pro chuveiro fiquei mais um menos uns 40 min. Quando saí eram umas 09:50 ela perguntou se eu queria analgesia - SIM!

     Ahhhh daí foi vida, ressuscitei, descansei. As 10:15h fiz MAP de novo, os batimentos estavam muito oscilantes, a bebê precisava nascer. As 10:45h tinha dilatação completa, começou a função. A analgesia tira um pouco da noção da força mas ela me guiou bem direitinho. Fiz umas 3 forças bem compridas e as 11:07h chega ao mundo nossa Olívia!! Levei 2 pontos e só elogios para o períneo bem trabalhado - viva essa tua Yoga.

     De repente não foi do jeito mais natureba como eu queria, mas foi como tinha que ser, fiquei muito satisfeita e feliz do jeito que foi. Faria 1000 vezes de novo.

.

Compartilhe
Compartilhe
Curtir
Please reload

Bem vindas!

Meu nome é Maria Fernanda, sou obstetra, mãe da Alice e aprendiz da maternidade. Sejam todos bem vindos ao meu blog!

 

Em 2015 eu vivi uma experiência incrível com a minha gestação. Estando do outro lado da cortina, pude entender melhor algumas dúvidas comuns entre as pacientes. Com isso, surgiu a ideia de fazer um blog. Através dele vou tentar fornecer informações que possibilitem uma gestação mais tranquila. Abordarei semanalmente assuntos baseados nas dúvidas do meu dia a dia no consultório e na minha vivência como gestante, puérpera e mãe. Recentemente eu decidi fazer postagens também com relatos de parto, para dividir as experiências vividas pelas mamães, contadas por elas.

Não esqueçam de deixar um comentário sobre o que acharam do blog, dúvidas ou sugestões para os próximos posts. Se acharem que as informações são úteis, compartilhem e sigam nossas páginas no instagram (@blogacaminho) e facebook (fb.com/blogacaminho).

 

Obrigada pela visita!

Compartilhe:
  • Facebook Social Icon
  • Google+ Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Pinterest Social Icon
Mais lidos:

Movimentação Fetal!

16/09/2020

1/5
Please reload

Tags:
Please reload

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now