Trabalho em Equipe!

       Um dos primeiros conselhos da minha Vó quando passei no vestibular foi “respeita a equipe de enfermagem, você vai precisar da ajuda delas”. Como Avós sempre estão certas, achei melhor não contrariar e segui essa “dica” à risca. Talvez por isso e porque eu tenho a cabeça aberta, sempre me dei muito bem com todo mundo. Meu marido diz eu era a residente “xodó”, por favor não desmintam.

     Quis o destino que eu aprendesse a ser obstetra, a fazer partos e me apaixonasse por isso pelos olhos de um Obstetra e de uma Enfermeira Obstétrica. Através deles eu entendi que era possível trabalhar junto, mais do que isso, era preciso fazer assim. Teríamos um cuidado melhor e um atendimento muito mais completo se fizéssemos em conjunto, sempre respeitando as vontades da paciente e atentando para o seu direito à privacidade.

    Quando aprendemos que a Equipe de Enfermagem, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Limpeza, Cozinha, Recepção, Portaria, Doula, Anestesista, Pediatra … são nossos aliados no cuidado, começamos a perceber que somente juntos fazemos um serviço de excelência. Não existe um cuidado obstétrico adequado sem uma equipe multidisciplinar. Resolvi falar sobre este assunto, pois hoje em dia temos vários problemas relacionados ao cuidado, ou a falta dele e, uma equipe multidisciplinar, UNIDA, consegue fazer uma boa redução de danos.

      Eu amo fazer partos, fico louca de faceira quando alguns dos meus colegas do plantão avisa que "não vai chegar a tempo". Porém, eu sempre achei que a inclusão da enfermeira e da Doula no cuidado não tiraria meu espaço. Muito pelo contrário, abriria portas para novos aprendizados, novas formas de alívio da dor e, falando mais tecnicamente, até diminui o risco de intervenções desnecessárias. Quando temos uma doula ou uma enfermeira obstétrica acompanhando a paciente, as chances de chegar em pródromos (trabalho de parto muito inicial) diminuem.

       O olhar dessas profissionais antes de chegar ao hospital e na sala de parto, reduz a ansiedade normal do momento, propicia à paciente e ao familiar um cuidado mais personificado, mas atencioso. Quem não curte um banho quentinho, uma massagem com aquele óleo perfumado nas costas, ou então um carinho no meio daquela contração desesperadora?

       Ok, o obstetra não pode fazer esse trabalho? Dar essas orientações? Claro que pode, já fiz várias e várias vezes. Porém, no momento do parto, o médico acaba tendo outras funções, outras demandas assistenciais. Dividir as tarefas faz toda a diferença. Até porque, elas têm muito mais jeito e conhecimento para estes cuidados .          

       Acontece que às vezes elas fazem parto. Sim, às vezes elas fazem. Faz parte das "funções" de uma enfermeira obstétrica acompanhar o trabalho de parto. Antigamente tínhamos parteiras aos montes, o médico só era chamado quando alguma coisa saia da rotina. Lógico que não deve ser a regra. No entanto, imagina a segurança de você ter uma enfermeira obstétrica que, em caso de necessidade, saiba como proceder.

    Outro profissional que tem feito toda a diferença no meu pré natal são as fisioterapeutas especializadas em preparo do períneo para o parto. Além de uma melhora estrutural enorme, as pacientes acabam se sentindo mais seguras durante o trabalho de parto e também na hora de fazer a força. Elas entendem melhor o que está acontecendo e como devem agir. Muitas vezes elas percebem a posição que conseguirão fazer força de maneira mais adequada. Com certeza, aumenta as chances de sucesso no desfecho.

      Ainda não falei das instrutoras de pilates e yoga, dos educadores físicos, das doulas com suas diversas orientações profissionais, do pessoal da cozinha que prepara lanchinhos leves e específicos para o momento do trabalho de parto e parto, sempre atentos às limitações nutricionais da paciente. Poderia escrever um capítulo de livro sobre a participação de cada um, mas vou me controlar. Acredito que já tenha passado a ideia da importância de um cuidado multidisciplinar.

      Essa imagem do post, por exemplo. Ela jamais seria possível se não tivéssemos uma profissional com um olhar atento e carinhoso. Pois então, inclusive a equipe de fotógrafos da sala de parto precisa entender a magia do momento para conseguir captar a imagem mais perfeita. Imagino que não seja fácil para alguém, fora da área da saúde, ver uma mulher parindo. É preciso prática, atenção e muita humanização para entrar na sala de parto e não achar tudo “estranho”.

     Abram a cabeça para o cuidado. Já passou o tempo em que o médico era a única pessoa a “comandar” uma sala de parto. Precisamos entender que, se cada um fizer o seu papel, cada um no seu quadrado, a paciente ficará muito melhor assistida. Mais importante do que dominar a cena de parto é entender que a protagonista do nascimento é a mulher. Nosso objetivo maior é proporcionar que ela tenha um parto com carinho e atenção, sempre levando em consideração que temos duas pessoas em nossas mãos e precisamos fazer o possível para que as duas fiquem bem.

 

* Todas as pessoas que apareceram na foto autorizaram a publicação da imagem

Compartilhe
Compartilhe
Curtir
Please reload

Bem vindas!

Meu nome é Maria Fernanda, sou obstetra, mãe da Alice e aprendiz da maternidade. Sejam todos bem vindos ao meu blog!

 

Em 2015 eu vivi uma experiência incrível com a minha gestação. Estando do outro lado da cortina, pude entender melhor algumas dúvidas comuns entre as pacientes. Com isso, surgiu a ideia de fazer um blog. Através dele vou tentar fornecer informações que possibilitem uma gestação mais tranquila. Abordarei semanalmente assuntos baseados nas dúvidas do meu dia a dia no consultório e na minha vivência como gestante, puérpera e mãe. Recentemente eu decidi fazer postagens também com relatos de parto, para dividir as experiências vividas pelas mamães, contadas por elas.

Não esqueçam de deixar um comentário sobre o que acharam do blog, dúvidas ou sugestões para os próximos posts. Se acharem que as informações são úteis, compartilhem e sigam nossas páginas no instagram (@blogacaminho) e facebook (fb.com/blogacaminho).

 

Obrigada pela visita!

Compartilhe:
  • Facebook Social Icon
  • Google+ Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Pinterest Social Icon
Mais lidos:

Movimentação Fetal!

16/09/2020

1/5
Please reload

Tags:
Please reload

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now