Equilíbrio...

Essa pandemia me ensinou muitas coisas. Eu já falei outro dia sobre fazer nada sem culpa ou ser mãe. Hoje eu quero falar um pouco sobre autocuidado, necessidades pessoais, respeito de limites…

 

No início eu tentei dar conta de tudo, filha, casa, trabalho, plantão … aí eu vi que precisava delegar funções e optei por proteger a Alice. Deleguei os cuidados dela para os avós e seguimos trabalhando, eu e meu marido, normalmente.

 


Fiquei me sentindo uma super heroína. Não tinha filha pequena em casa, poderia trabalhar dia e noite, treinar nos intervalos, fazer terapia, massagem, unha, ver seriado e ainda ter “tempo livre”.

 

Funcionou super bem em abril e maio. Estava me sentindo aquela Maria Fernanda não mãe, que trabalhava insanamente e ainda assim dava conta. Aos poucos eu fui tomando alguns “choques de realidade” e percebendo que eu tinha limites.

 

Acho que uma das coisas mais difíceis, no meu caso, é aceitar que tenho limites e, principalmente, respeitar estes limites. Eu sempre penso: para que dormir tanto, só mais esse partinho, só mais esse plantão, só mais um encaixe na agenda, eu treino amanhã, massagem é supérfluo, a Nutricionista fica pra próxima semana …

 


Não gente, a vida não é assim. Precisamos estar bem para trabalharmos bem. Precisei de uma pandemia para aprender. 

 

A vida precisa ser equilibrada. Trabalhar é bom demais, prazeroso de mais. A adrenalina do plantão, a ocitocina do parto, a energia de ver uma vida surgindo são viciantes, mas também precisamos dormir bem, comer bem, fazer exercício físico. Cuidar do corpo e da mente.

 

Há duas semanas eu me propus um desafio: desacelerar e me cuidar. Se está sendo fácil? Não, é muito difícil. Porém, estou descobrindo, com alguns tombos, que é possível.

 

Então, CUIDEM-SE, vivam um dia de cada vez, tentando equilibrar a vida pessoal e profissional, tentando não pender sempre para o mesmo lado, seja ele qual for. Dediquem-se para vocês, cuidem dos outros, mas também se cuidem.

Compartilhe
Compartilhe
Curtir
Please reload

Bem vindas!

Meu nome é Maria Fernanda, sou obstetra, mãe da Alice e aprendiz da maternidade. Sejam todos bem vindos ao meu blog!

 

Em 2015 eu vivi uma experiência incrível com a minha gestação. Estando do outro lado da cortina, pude entender melhor algumas dúvidas comuns entre as pacientes. Com isso, surgiu a ideia de fazer um blog. Através dele vou tentar fornecer informações que possibilitem uma gestação mais tranquila. Abordarei semanalmente assuntos baseados nas dúvidas do meu dia a dia no consultório e na minha vivência como gestante, puérpera e mãe. Recentemente eu decidi fazer postagens também com relatos de parto, para dividir as experiências vividas pelas mamães, contadas por elas.

Não esqueçam de deixar um comentário sobre o que acharam do blog, dúvidas ou sugestões para os próximos posts. Se acharem que as informações são úteis, compartilhem e sigam nossas páginas no instagram (@blogacaminho) e facebook (fb.com/blogacaminho).

 

Obrigada pela visita!

Compartilhe:
  • Facebook Social Icon
  • Google+ Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Pinterest Social Icon
Mais lidos:

Movimentação Fetal!

16/09/2020

1/5
Please reload

Tags:
Please reload

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now